quinta-feira, dezembro 02, 2010

Constatação da noite

A felicidade é (sempre) muito frágil porque as (nossas) expectativas acabam (sempre) por ser frustadas ...

7 comentários:

João disse...

verdade ( e qts vezes não sou eu a desiludir, mas enfim, adiante:P)
bjs.

ps.não dou com a cabeça aí pois ficava sem computador e faz-me falta:)

nina disse...

de facto desiludimos pq nos causam e/ou somos nos q causamos expectativas... é o que se chama dar com os burros na água :)

Thays de Liz disse...

Como nossas próprias projeções nos frustam, né? Somos nós responsáveis por nossas angustias... vai entender!
Sempre bom estar aqui *__*

Salvador disse...

Boa noite, Nina...

o ideal será não termos muitas expectativas. Nunca haverá a desilusão e o que recebemos é sempre saboreado com grande intensidade...

nina disse...

In fact a culpa é só nossa! Quanto maior a expectativa, maior a desilusão e não há desilusão se não houver expectativa nenhuma! Parece tão simples... seria ideal :)

Thays de Liz disse...

Seria ideal, e alguém consegue?!
Alguém me ensina!? :)

nina disse...

Duvidooo que alguém consiga tal proeza Thays!!!