quarta-feira, março 31, 2010

Pensamento do dia

Como dizia Oscar Wilde: "Se não consegues entender o meu silêncio de nada irão adiantar as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos".

Num mundo perfeito não precisaríamos de falar...


segunda-feira, março 29, 2010

Desabafo

Irritam-me pessoas complicadas, incoerentes e que não sabem o que querem.... que tudo querem  ou não querem coisa nenhuma...
Onde mora a frontalidade, simplicidade, sinceridade e a serenidade que tanto prezo?


(preciso urgentemente conhecer gente assim!.. Como esta simples flôr ... despretensiosa)

E se...

E se amanhã tudo fosse diferente...


Louca, livre assim sou eu (um pouco mais...)

sexta-feira, março 26, 2010

Life carries on and on and on and on... It's friday!!!




PS: Porque há sempre um fundo de verdade por trás de "estou a brincar",  um pouco de curiosidade no "Estava aqui a pensar",  um pouco de conhecimento por trás do "eu sei", uma pequena mentira por trás do "pouco me importa, não quero saber " e um pouco de dor no "estou bem, obrigada"...
Estava aqui a pensar, eu estou bem, obrigada, mas eu sei que pouco me importa! Estou a brincar...

Bom fds e cuidem-se

Tiago Bettencourt & Mantha lançaram o segundo single do próximo trabalho "Em fuga" que estreará ainda durante o mês de Março. Está simplesmente um encanto! Letra lindaaaa





Se cuidas de mim –

Se cuidas de mim eu…
eu cuido de ti também
Dentro da minha mão
eu guardo-te bem
Se amarmos do principio
se perdermos tudo outra vez
vou marcar-te bem
como um sonho vão
dentro da minha mão

Se cuidas de mim
eu cuido de ti também
Se vens em paz
eu venho por bem
Se formos bebendo o chão deste caminho
vou guardar-te bem
agora que sei
que não vou sozinho.

por isso vem…
Há uma praia depois sombra
uma clareira para iluminar
Há um abrigo no meio das ondas
tudo é caminho para iluminar
Por isso vem.



ADENDA:Afinal é já amanhã o lançamento do Álbum!
http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?channelid=00000021-0000-0000-0000-000000000021&contentid=12A51CF1-BEC3-4036-8FE6-85E3FEC95E33&h=6

quinta-feira, março 25, 2010

Pensamentos galopantes

A felicidade é um caracol rastejando... A infelicidade é um cavalo selvagem galopando ...

Música para nina dormir :)

Et si ce soir on dansait le dernier slow comme si lair du temps se trompait de tempo ...
Et si ce soir on dansait le dernier slow, un peu de tendresse au milieu du disco...



quarta-feira, março 24, 2010

J'ai rêvé ...

J'ai encore rêvé de toi, j'ai rêvé de toi si fort, que mon corps s'en souvient encore!
Je ne fait rien pour ça, mais j'ai rêvé si fort de toi, que je sens encore l'odeur de ta peau dans mes draps, que sur ma peau, je ressens encore tes douces caresses, j'entend encore les mots d'amour que tu m'as murmuré à l'oreille, je sens et je te ressens tout contre moi, et j'en frissonne encore quand je rêve si fort de toi... que je voudrai ne plus me réveillé...

A wish ...

terça-feira, março 23, 2010

Music of the night

...

...

Na sintonia buscamos a diferença. Nas diferenças encontramos a complementaridade da união!
E é justamente isso.. que faz toda a diferença ...



segunda-feira, março 22, 2010

Constatação da noite

Se as pessoas não se levam (a elas próprias) a sério, como podem esperar que os outros as levem?!!!
Ah pois é, pois é ... :)

domingo, março 21, 2010

"Amor é fogo que arde sem querer"

E porque hoje é o Dia Mundial da Poesia, deixo o álbum dos 15 anos dos Pólo Norte, com este excelente Poema de Luís Vaz de Camões "Amor é" musicalizado. 
A prova de que os versos de amor são intemporais e nunca passam de moda!
Ficou "fabulástico"!




PS: "Eis o meu segredo: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos. Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas." (Antoine de Saint-Exupéry)

Música da noite

Quanto mais oiço isto, mais gostooooo!
Thx F. :)

sexta-feira, março 19, 2010

Faites vos jeux

Arre, que estou sem paciência para jogos de bastidores!!!!



PS: Faites vos jeux. Les jeux sont faits. Rien ne va plus!

Dia da MAMYpapi

Penso em ti
E deixo-me de me conhecer!
Penso em ti
E tranformo-me em dor!
Penso em ti
E acredito no amor!
Penso em ti
E SEI que sou parte tua!
Penso em ti
E deixo de existir!
Penso em ti
E ainda ... estou viva!
Penso em ti
E na nossa eterna união!
Penso em ti
E sei que estás ausente,
sempre de mim tão longe...
E contudo tão presente!
Penso em ti
E nunca contigo estou!
Penso em ti
E dói... sou infeliz...
Penso em ti
E resta-me apenas
Lembrar-me e em ti pensar!




PS: *Mamy Adoro-te. És a minha saudade e permanecerás para sempre no meu coração. Foste mãe e pai ao mesmo tempo... Sinto TANTA falta do teu colo, da tua voz, do teu sorriso,  teus abraços e das tuas mãos no meu cabelo... Nunca poderei esquecer-te ...  *

quinta-feira, março 18, 2010

Pensamento da noite

Também... nunca fui boa em costuras ...

Free as the wind ...

Running wild, crazy and free ... Being anything i want to be,  got no time for hanging around...
Lotta people got a lot to say, but i'm doing things my own way! Cause I' m free as the wind... So I'll try... I' ll try...




quarta-feira, março 17, 2010

Pensamento da semana

Por uma vez na vida, seria bom começar pelo início ...


terça-feira, março 16, 2010

...


Há momentos em que gostaria de poder tentar... arriscar



PS: Pois ... conta-me histórias...Conta-me historias daquilo que eu nao vi... Conta-me historias... que eu nao vi... que eu nao vi... 
ahhhhhh...

ahhhhhh...

ahhhhhh...

...

Dream on ... until ... or not...

"Corremos alegres para o precipício, quando pomos pela frente algo que nos impeça de o ver."
(Blaise Pascal)




P.S.: Ter ilusões, por vezes, pode acalentar a esperança, o que até é saudável, mas, se nos deixarmos (apenas) levar por essas crenças ficamos cegos para a realidade e perdemos os pés do chão. E a pergunta que coloco é "Até onde podemos/ devemos sonhar?"

segunda-feira, março 15, 2010

Métro, boulot, dodo...

Bonne nuit et rêverie ...



PS: Música que tenho ouvido na rádio... ui esta voz ao meu ouvido... nem sei... já como me chamava :P ...

I'm lost but I'm not stranded yet ...

sábado, março 13, 2010

Fácil de entender ... (ou talvez não)

Nem sempre é fácil fazer com que nos entendam!
Na maioria das vezes pensamos/ sentimos uma coisa e fazemos ou dizemos outra. Outras vezes dizemos algo e as pessoas entendem exactamente o oposto ou entendem de outro modo, que no fundo nada tem nada a ver com o que pretendíamos dizer/ fazer! ...Acho que nas palavras escritas acontece o mesmo...
Tudo isso a propósito de um post, abaixo escrito, um amigo veio-me fazer uma pergunta...
Das duas uma ou expresso-me muito mal e sou confusa, ou então (que é o que eu acho) é tudo uma questão de perspectiva!
Tal como a (nossa) beleza está nos olhos de quem nos vê, também a interpretação do que escrevemos está nos "olhos" (mente) de quem nos lê...




P.S. : Li o respectivo post e ... continuo a não interpretar do mesmo modo que tu! :D

Pensamento do fds

Não quero que me prometam casas de cristal, porque para mundos que se desmoronam já me bastam os meus!
Aliás não quero que me prometam nada! Recuso-me a criar expectativas, que à partida,  sei que nunca se concretizam ...

sexta-feira, março 12, 2010

Música da semana

"Faz da vida, paixão energia, que toca sempre mais alguém...
...
Eu sei, que gestos banais, parecem pouco, mas talvez sejam fundamentais"


quinta-feira, março 11, 2010

And there's a place inside my heart nobody's touched...

http://www.youtube.com/watch?v=JgSIIbEgr9k

Pensées au claire de lune...

Ce qu'on n'a pas, ce qu'on n'est pas, ce dont on manque, voilá les objets de l'amour.....



"Que faut il que je soit
Pour que tu ouvres les yeux
En nous laissant exister

Tu ne seras jamais libre
Si tu gardes en toi la peur d'aimer
Tu ne pourras jamais vivre
Sans oublier


Et je ne sais pas vivre
Près de toi j'ai peur d'aimer
J'apprends pour être libre
A t'oublier"

Tu ne seras jamais libre -  Hélène Ségara



P.S: E é... quando chega a noite, e com ela o silêncio, que o meu espírito se liberta do seu corpo mortal e se eleva por entre as estrelas e  a lua. Esqueço a minha vida, tantas vezes banal, rotineira e chata, por vezes desesperante, desgastada, entrecortada de delírios, fantasias, particularidades de uma complexidade de sentimentos, desejos, sonhos e de cumplicidades ... É nesses nada, pequenos grandes momentos, que a minha mente encontra um pouco de repouso, calmaria e serenidade...

quarta-feira, março 10, 2010

Horoscopo do dia


10 de Março de 2010


8 de Espadas

Ninguém é mais escravo do que aquele que se julga livre sem o ser. (Goethe) Tome consciência das amarras que tem. Para que lhe serve essas amarras? Para quê tanto auto-controlo? Deixe a vida entrar em si e permita-se Viver. Aproveite para começar a deixar cair as defesas para que, assim, os outros possam conhecer a maravilhosa pessoa que é. Mostre que a fama que tem o seu signo é só isso, fama.

terça-feira, março 09, 2010

O regresso de Pedro Abrunhosa

O single do novo disco de Pedro Abrunhosa & Comité Caviar com saída prevista para Abril de 2010...

Thought for the Day

A esperança é o alimento de nossa alma, ao qual sempre se mistura o veneno do medo. (Voltaire)




PS: "Si amas a alguien, déjalo ir; si vuelve, es tuyo, si no... nunca lo fue."
Isto para dizer que, devemos deixar de lado pessoas e situações que se recusam a andar para frente e abrir espaço ao NOVO dentro do nosso coração. Afinal depois de um dia cinzento de chuva, como o de ontem, hoje o sol brilha intenso! E é tão bom sentirmo-nos vivos e com um "brilho nos olhos" como diz o poeta. E ... Sabe tão bem ouvir as palavras certas na hora certa, vindas da boca da pessoa certa, de alguém que realmente nos quer bem. Obrigada! (e TU é que és, sem dúvida, muito ESPECIAL!!)

segunda-feira, março 08, 2010

Balanço

É tempo de balanço. E balanço no balanço que balança nos pratos da balança. Balançar, balançar até cair ... e por fim (de mansinho) sair... (como acabo sempre por fazer)
Afinal é tudo uma questão de equilíbrio e sem ele não conseguimos viver em paz!

domingo, março 07, 2010

Já gastámos as palavras ...

Já gastámos as palavras pela rua, meu amor,
e o que nos ficou não chega
para afastar o frio de quatro paredes.
Gastámos tudo menos o silêncio.
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas,
gastámos as mãos à força de as apertarmos,
gastámos o relógio e as pedras das esquinas
em esperas inúteis.


Meto as mãos nas algibeiras
e não encontro nada.
Antigamente tínhamos tanto para dar um ao outro!
Era como se todas as coisas fossem minhas:
quanto mais te dava mais tinha para te dar.

Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes!
e eu acreditava.
Acreditava,
porque ao teu lado
todas as coisas eram possíveis.
Mas isso era no tempo dos segredos,
no tempo em que o teu corpo era um aquário,
no tempo em que os meus olhos
eram peixes verdes.
Hoje são apenas os meus olhos.
É pouco, mas é verdade,
uns olhos como todos os outros.

Já gastámos as palavras.
Quando agora digo: meu amor...,
já se não passa absolutamente nada.
E no entanto, antes das palavras gastas,
tenho a certeza
de que todas as coisas estremeciam
só de murmurar o teu nome
no silêncio do meu coração.
Não temos já nada para dar.
Dentro de ti
não há nada que me peça água.
O passado é inútil como um trapo.
E já te disse: as palavras estão gastas.

Adeus.

**Eugénio de Andrade**

sexta-feira, março 05, 2010

Pensées nocturnes

On oublis jamais rien, on fait juste semblant de ne plus y penser... Parfois il ne suffit pas de tourner la page, il faut la déchirer!

Il y a toujours quelque chose pour nous y faire repenser, une musique, un endroit, une odeur...
Il y a toujours une personne pour tout foutre en l'air, pour foutre sa merde...

Je pense que "Je t'aime" est devenu trop banal pour certaines personnes. Beaucoup disent ces deux mots vraiment trop vite. Les couples qui se les disent en quelques jours font pas mal rire, aimer ce n'est pas ça, à par si les deux personnes se connaissent depuis longtemps et qu'il y a déjà les sentiments. Mais "Je t'ai...me" n'est pas n'importe quel mot. Il perd son importance, c'est dommage...
 
On rêve tous de trouver LA bonne personne. Celle avec qui on finira notre vie, avec qui on construira tout, avec qui on aura des enfants. Un jour ou l'autre, on finira par la trouver, peut-être que c'est déjà fait et peut-être que cette personne nous l'a connaissont déjâ... ou peut-être non!
 
Parce qu'il y a toujours un peu de vérité derrière les «je rigole», un peu de curiosité derrière les «je demandais juste», un peu de savoir derrière les «je sais pas», un peu de mensonge derrière les «je m'en fous», un peu de souffrance derrière les «ça va merci» !
 
 
PS: Bonne nuit à vous tous, faites de beaux rêves... ♥  (Hoje deu-me para isto...juro que não bebi! Apenas estava a treinar a minha língua materna)

quinta-feira, março 04, 2010

Desejos...

Hoje apetecia-me contemplar o esplendor das estrelas e sentir o perfume das flores! Dar e receber ... Mostrar a cara e dizer ao que venho!
Hoje apetecia-me uma série de coisas ...

(e já agora porque não um bom copo de vinho alentejano em companhia :P)

Amorfa verdade

Nasci, vivi, morri…
Não sei quantas vezes!
Não, não sei…tantas talvez…
Que já lhes perdi a conta..


Como os sonhos perdidos no fundo do mar,
Atrás do muro onde brincam crianças…
Com as metafísicas nas mãos.
Atrevi-me na escuridão equacionada
Em manchas nascidas de uma noite…
Escutei o luar, como algo inatingível,
Que me dilacerava o corpo 
E me corroía a alma.
Cheirei os estilhaços da madrugada,
Num patamar qualquer, num vão sem escadas,
Onde moravam as imagens de outrora.
Fui real?...Fui feliz?...não sei!
Sou real? .. Sou feliz? ... não sei!
Serei um dia real? Serei feliz? ... não sei!
Não sei o que fui...não sei o que sou…Não sei o que serei...
E nesta realidade amorfa de sentir a verdade cravejada no meu peito.
Adormeço e embalo ao som desta loucura ...


Fiz discursos… que ninguém ouviu ...
Escrevi cartas…mas ninguém as leu …
Amei em todas as direcções … apenas fui amada numa (?)
Fiz sorrir ... mas fizeram-me chorar... 
Agarrei a nado as margens do rio ... tentaram deter-me ...
Desisti do fado e do silêncio também.

Estou cansada das fugas…
Do cansaço (he)apático do que vi(vi)
E da aparência das palavras (inúteis) que não vivi.!
(mas acho... que [ainda] não morri...)

quarta-feira, março 03, 2010

Abraço da solidão

Abraço a minha suposta solidão
Como se mais nada houvesse
Que a rima de um poema imberbe,
Ou a pintura deslavada
Rabiscada em tela de aguarela…
Erguida numa pose de estátua febril.
Sento-me num quadrado
Com três lados,
Elevada à raiz quadrada ...
Do nada…
Numa prova dos nove
Noves fora... nada...
Como dor indolente em mim…
Ou sentinela solitária
Que aguarda em horas abandonadas…
O desfolhar omisso de milhentas prisões
Num (des)afroxar de mitigantes razões.
Deito-me num  banco, abandonado, de jardim
De pedra. Vazio. Triste. Frio. Duro.
Fustigada, varrida, exposta!
É nele onde ... por vezes me descubro...
Em linhas circulares às perpendiculares, contrárias das leis da física
Plantadas nos canteiros dos passeios…
E espero na espera mais longa, à espera 
Que um mísero bêbado me traga um trago de vinho…
Que me possa embriagar os sentidos
E que depois, vomito!...
(Tal como o faço com as palavras...)

Esquecer o mundo lá fora ...



 
PS: I just read the fortune cookie of the day in Daily Horoscope! Here's what is said:
The greatest danger could be your stupidity.
(pois esquecer o mundo lá fora e também a minha estupidez :D)

terça-feira, março 02, 2010

Lido por aí (love is...)


"Amor não é se envolver com a pessoa perfeita, aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes nem princesas. Temos que encarar a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos. O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser".

I say it best, when I say nothing at all ...

segunda-feira, março 01, 2010

Já é segunda??

E porque é segunda-feira e ainda... estou meia a dormir... Música calminha made em Coimbra.