quarta-feira, junho 30, 2010

Só pode...


Há algo de muito errado comigo!

O fim de um sonho

A selecção portuguesa despediu-se do Campeonato do Mundo sem brilho, reflectindo a imagem de um país agastado, apagado, sem glória nem ambição!
Críticas à parte, o resultado foi justo... e VIVA LA ESPANHA!
Que ganhem os melhores!

segunda-feira, junho 28, 2010

Pensamento do dia

« Gather ye rosebuds while ye may »

sexta-feira, junho 25, 2010

Divagações

É comum perder o bom por querer o melhor.
(Shakespeare)


Dizem que isto é típico das mulheres, mas não é, é do ser humano! Mas pior que isso é que só damos valor ao que temos quando o perdemos.

quinta-feira, junho 24, 2010

quarta-feira, junho 23, 2010

terça-feira, junho 22, 2010

Felicidade

«Felicidade é ser
Felicidade é estar
Felicidade é amar
Felicidade é tocar alguém, e sentir e amar e beijar e cheirar e “rasgar” esse alguém até dois serem um
Felicidade é estar só
Felicidade é ouvir o silêncio
Felicidade é perceber o vazio e conseguir tocá-lo
Felicidade é olhar
Felicidade é falar com os olhos
Felicidade é chorar
Felicidade é transmitir no exterior o nosso interior
Felicidade é nascer e não entender a morte
Felicidade é acreditar nos outros apesar de estar só
Felicidade é lutar pela nossa identidade qualquer que ela seja e mostrar aos outros a nossa verdade
Felicidade é lutar pela vida quando a morte nos come partes do corpo
Felicidade é entender que a Terra é um ponto no Universo e nós pensamos
Felicidade é gostar de ser imperfeito num Mundo onde somos mortais
Felicidade é arrepiar-nos com a própria mão
Felicidade é deixarmo-nos levar pelas emoções dos outros
Felicidade é ouvir o Hino Nacional ou uma balada e sentir o sangue quente a correr nas veias
Felicidade é entender que a diferença entre ricos e pobres são adereços
Felicidade é alterar os conceitos
Felicidade é viver a três porque a dois é pouco
Felicidade é dormir a pensar e viver a sonhar
Felicidade é dormir no sofá e comer na cama
Felicidade é transformar a TV num aquário e o carro num banco de jardim e a gravata num guardanapo e o bidé numa floreira e pintar paredes com estrelas do céu e perceber que o nosso mundo é só nosso
Felicidade é ter prazer sem erecção
Felicidade é gritar por amor
Felicidade é chegar ao fim e morrer com alguém ao lado que nos dá a mão e nos fecha as pálpebras com a mesma mão que nos dá calor
Felicidade é tanta coisa e tanta gente pensa que é impossível ...»

por Jorge Oliveira,
in Revista CAIS nº. 59

quinta-feira, junho 17, 2010

Como seduzir um homem em 6 lições... hehe

A propósito da comédia romântica "Como perder um homem em 10 dias", vi este artigo no site da Activa... ;)



« Como escolher o seu campo de batalha e vender a sua ‘marca’? Damos-lhe todas as dicas para apostar num futuro radioso ao lado do homem que, como diziam as nossas avós, a mereça.



1.Escolha bem o campo de batalha

É mais importante do que parece. Em primeiro lugar, tem de escolher um sítio onde haja homens, mas que não seja: A) um Estádio: Eles estão demasiado ocupados a gritar ‘ó Veloso, sabes o que é um penálti ou queres que vá aí abaixo mostrar-te?!', e nunca na vida vão estar minimamente abertos aos seus encantos. B) A Casa do Benfica. C) Qualquer local onde esteja a dar um jogo e onde tenha de passar por cima das pernas deles em risco de ser barbaramente maltratada.

O que correu mal no passado

Escolheu um bar movimentado cheio de homens e sem uma águia Vitória à vista. Problema, um bar tem muita concorrência: a loira, treinada, e com menos 24 anos que nós, e, além disso, a partir de uma certa altura já não estamos para aturar joguinhos de sedução.

O que pode correr bem no futuro

Prefira a casa de amigos, desde que A) não a tenham convidado para a Final da Taça, e B) Não seja só você e aquele com quem eles a querem juntar, que é demasiado óbvio. Como os amigos já não têm queda para Cupidos, organize um serão e peça a toda a gente que traga um solteiro.

2.Não caia na ilusão

Antes de se deixar apaixonar como se tivesse 15 anos, pense duas vezes nos defeitos dele. Então vamos já começar pelos defeitos? Pois vamos, porque o fracasso da maioria das relações resulta da pessoa apaixonar-se porque está carente e precisa de alguma coisa em que pensar antes de dormir. Claro que, quando dependemos de uma paixão para não morrermos de aborrecimento, geralmente não estamos muito abertas a reparar que ele é mais chato que o patrão, rói as unhas, fica acordado até às quatro da madrugada a plantar tomates no Farmville e não vê água desde que o ‘Titanic' afundou (e ele não ia lá dentro).

O que correu mal no passado

Ele desviou os olhos e achámos que estava perturbado, ficou calado e pensámos que a paixão lhe estrangulava as cordas vocais, e deu de caras connosco à esquina porque andava a seguir-nos pela calada (pensámos nós). Afinal, ele estava era desinteressado, não tinha conversa, e andava mesmo perdido...

O que pode correr bem no futuro

Você encontra um homem e em vez de pensar: ‘pronto, é um bocadinho estrábico e não faz muito o meu género, mas a forma como levanta a sobrancelha esquerda é bastante encantadora', pensa: ‘este homem não nasceu para mim'. Nessa noite conhece um amigo de amigos que, ele sim, é giro e tem conversa. Pronto.

3.Não mostre tudo

As mulheres não são visuais. Podem passar-nos trinta vezes à frente a piscar-nos o olho que a gente a única coisa que lhes diz é: "Desculpa, Bernardo Maria, podes sair da frente da televisão que vai começar o ‘Perfeito Coração'?" Em contrapartida, se nos sussurrarem algo ao ouvido (de preferência o esquerdo, segundo concluíram os estudos), até podem ser as cotações da Bolsa que vamos amá-lo. Com os homens, não perca tempo a sussurrar-lhes ao ouvido, até porque são todos um bocado surdos.Continuam a amar minissaias e decotes. Enfim, se não quiser apanhar uma broncopneumonia no primeiro encontro (ao contrário daquilo que nos dizem, não vale a pena morrer por amor), leve casaco e tire-o só dentro do restaurante/bar/casa/abrigo de montanha. Não esqueça os saltos altos: mas se não se sentir confortável, mais vale ir de ténis do que passar o serão a cambalear como se tivesse tomado três cachaças antes de sair. Convém esquecer as botas acima do joelho, eles acham que estão a sair com um pescador de camarões à espera da maré. Também não adoram botas pontiagudas, acham que se a coisa der para o torto lhes podemos dar com elas nos, enfim, tornozelos.


O que correu mal no passado

Ele tocou-lhe à porta e você apareceu-lhe com um lindíssimo conjunto de lingerie vermelha com umas sexy peninhas à frente. Ele fartou-se de espirrar e de dizer que era alérgico a pássaros desde que tinha sido atacado por uma gaivota na Carrapateira aos quatro anos, e nunca mais lhe tocou à porta. Nem ao telemóvel. Nem em mais nenhum - chuif! - botão...

O que pode correr bem no futuro

Vista qualquer coisa sexy, mas que não lhe dê o aspecto de quem acabou de sair de uma casa de alterne, senão vão pensar que a mãezinha dele tinha razão e que ele devia era ter saído com a Patrícia Isabel, que é vizinha da mãezinha dele.


4.Confie em si

Imagine que deu com o tal que é giro e tem conversa, sendo que A) Não estão na Final da Taça, B) Não é extraterrestre (ou se é, não tem sotaque) e C) Parece interessado em si. Não se enfie no armário dos atoalhados e não se ponha na cozinha a arrumar a loiça, a não ser que queira um fantástico affair com a Bimby. Mostre-se!

O que correu mal no passado

Achou que ele nunca se ia interessar por alguém e que a coisa mais interessante que fez na vida foi um painel com o Rato Mickey em ponto-cruz para oferecer à tia Adélia.

O que pode correr bem no futuro

Se não nasceu já a dizer ‘olá mamã, sou fantástica, falo quatro línguas (duas vivas, duas mortas), tenho um mestrado em Teleportação quântica e sou cinturão verde-cianeto em kickboxing, saiba que a autoconfiança é um músculo: também se treina. Claro que não é chegar à sala, seleccionar a vítima e espetar-lhe um palmadão nas costas que o atira em voo picado até à mesa dos salgadinhos, nem passar a noite a contradizer tudo o que ele diz, a não ser que seja futebol, se for futebol, pode dizer o que quiser, pode dizer que o Cristiano Ronaldo estava melhor no Manchester United, já não perdia com equipas da terceira divisão nem tinha bruxos a fazer-lhe macumbas às pernas, que ele vai amar (caso não seja o Cristiano Ronaldo, claro). Mas os homens admiram quem tem conversa. ~


5.Não leve o passado às costas

Assim que encontrar alguém, controle o impulso para lhe contar que o seu ex ao fim de três anos de conto de fadas a enganou com a sua melhor amiga, e que quando chegava mais tarde a casa ou a um encontro dizia que tinha uma reunião, ao menos sempre podia ter arranjado desculpa mais imaginativa, mas não, reunião, e ‘imagina tu que o chefe quer o relatório para amanhã', coitado do chefe, que andava a jogar golfe na Quinta da Beloura e nem sabia o nome dele.

O que correu mal

O pobre que a ouve começa a ficar com o olhar vidrado, começa a virar as orelhitas para a mesa de trás, mas você vai tão lançada que nem dá por isso, previne-o já que não está para casos sem consequências, que esta vez é que vai ser a sério, e quando ele se levanta com uma desculpa esfarrapada, pensa ‘são todos iguais'.

O que pode correr bem

Em vez de lhe dizer logo que está a pensar nele como futuro pai/padrasto dos seus filhos e dono dos seus cães, relaxe. Deixe-se ir. O que for será (ou não). Peça mais um café, que agora até se descobriu que faz bem ao colesterol, ao contrário dos desgostos de amor.


6.Tenha estratégia de marketing

Toda a gente é a sua própria ‘marca' e temos de saber ‘vender-nos' bem. Como?Puxando pelos seus pontos fortes e escondendo os fracos. Nada nos obriga a dizer no primeiro encontro: "Olha, Bernardo Maria, antes de me conheceres melhor gostaria que soubesses que nunca consegui manter um emprego, tenho três verrugas em locais que a minha modéstia me impede de mencionar, ressono que nem o quartel de bombeiros de Alcabideche, sou invejosa e desonesta, e o meu IMC é superior a 30."

O que correu mal no passado

Achar que, quem gostar de si, tem de gostar de si ‘por aquilo que você é'. Tudo bem: mas não lhe mostre TUDO já! Vá com calma!

O que pode correr bem no futuro

Seja diferente! Descubra qualquer coisa original que tenha feito na vida, mesmo que nunca se tenha atirado de parapente sobre a serra do Marão soltando gritos de alegria. Ele vai ficar tão impressionado quando você lhe confessar que fala italiano fluentemente e sabe fazer Torresmos à Madeirense que, depois disso, não há nada que lhe chamusque o encanto. Enfim, convém ir com calma naquela história das verrugas.»

PS: Divirtam-se (eu pelo menos divertir-me a ler) e depois informem-me dos resultados LOL

Totalmente viciada...

Pensamento da noite

"Não ergas alto um edifício sem fortes alicerces; se o fizeres viverás com medo"

 Sabedoria persa



Não existe ninguém neste mundo, capaz de acabar com os nossos sonhos, a não ser nós mesmos, com atitudes conformistas e indolentes

quarta-feira, junho 16, 2010

terça-feira, junho 15, 2010

Contagem decrescente para o Portugal-Costa do Marfim

Vamos lá ver como os "navegadores" se portam e se conseguem passar o Cabo das Tormentas!

segunda-feira, junho 14, 2010

Vida(s) sem cor ...




«Sim, eu sei do que falo
Sim, eu vivo ao lado

Nem tudo o que passa por mim
Tem cheiro de cor
Nem tudo o que passa por mim
Tem sempre sabor

E é sem cor
É sem cor que eu finjo
Que não existo
Sem cor

É sem cor que eu finjo
Que não sinto»

sábado, junho 12, 2010

Constatação

- Na incerteza do amanhã, busco a certeza (do presente) -


É deveras curioso! Anos atrás, no meio das minhas inseguranças de criança, e depois já adolescente, era dotada de tantas e quantas absolutas certezas sobre o meu futuro! Julgava-me dona do mundo e senhora da razão!
Hoje, (bem mais) segura, só (pres)sinto e vislumbro as incertezas do (meu) futuro ... Não sou dona de nada ... nem de ninguém (nem tenho a pretensão de o ser) ... só de mim ... por vezes, noutras,  nem isso!


sexta-feira, junho 11, 2010

Good vibrations

Bom fim-de-semana cheio de boas vibrações :)

Pensamento da noite

«Somente os estão adormecidos seguem caminhos feitos por outros homens.»


Olho à minha volta e vejo vários caminhos por onde posso ir. Na maioria deles vejo apenas a porta de entrada, noutros logo a porta de saída e por vezes uma janela (demasiado)  pequena sem nenhuma visibilidade.
Por mais que tente prever o que irei encontrar em cada um deles, nunca sei em qual deles devo entrar. As dúvidas são constantes e permanentes. Mas o que mais me (re)conforta é saber que há sempre uma hipótese para recomeçar, en(con)trar um novo caminho, num mundo repleto de infinitas possibilidades.
Corro sempre com o meu maior fervor, ouvindo as batidas (des)compassadas e nítidas do meu coração até o meu fôlego se exaurir. Ganho cansaço, ganho velocidade, mesmo que não saiba verdadeiramente o lugar para onde os meus pés acabam por me guiar, nem qual a direcção que devo tomar, mas sigo o MEU caminho...

Corro, corro, corro e  (na verdade) fujo... Fujo de todos (até quando?!!) menos de mim, porque é impossível fugirmos de nós mesmos!

quinta-feira, junho 10, 2010

quarta-feira, junho 09, 2010

Quem conta acrescenta um conto...

- Voltas? Perguntava como se fosse uma criança a quem lhe tinha sido dado um brinquedo... À espera que lhe dissesse alguma coisa...

Olhando-a com desinteresse respondeu-lhe:
- Não sei...

Ela abruptamente percebeu que não...  Ficaria à espera de um sinal, de uma palavra que nunca chegaria... Sabia que  o seu olhar não encontraria mais o seu, que as palavras ficariam presas, perdidas no tempo e espaço até se cansar de esperar e já nem se apercebesse e despertasse...
Sabia, sabia.. que tudo não passava de uma (boa) ilusão!

Ele... Ele sabia que
...Voltaria... mais uma vez...


PS: Tentativa de escrever um pequeno conto...LOL (continua ... ou talvez não... ai ai a falta de jeito...)

Palavras para quê?

Como diz o Mike, " a maior felicidade é a certeza de sermos amados! "


terça-feira, junho 08, 2010

A tela na contraluz



Esta música faz parte da B.S. de "Contraluz" ou "Backlight" - de Fernando Fragata, o primeiro filme português rodado em Hollywood.
Estou deveras curiosa para ver o que vai sair daqui ...

Nothing Else Matters ...

As melhores relações são as que se desfrutam com quem nos sabe aceitar integralmente e respeitar as nossas opiniões, sonhos e projectos de vida!



sexta-feira, junho 04, 2010

Estamos nessa... nem sei porquê...




«If the heart is always searching
Can you ever find a home?
I've been looking for that someone
I never make it on my own...

Dreams can't take the place
...
There's gotta be a million reasons
Why it's true

...

How long will I be waiting
...
...
...

I can't Move and more I start to realize
I can reach my tomorrow
I can hold my head up high
...

...
...
I catch a glimpse of heaven
I find my paradise
...
...»

terça-feira, junho 01, 2010

Qual crise qual carapuça!

Abençoada crise que nos vai fazer ficar mais magros, elegantes e poupar os nossos esforços e o rico dinheirinho nas idas aos ginásios! E a chatice de desperdiçar horas e horas na pesquisa de viagens para apanhar aviões para as (enfadonhas) zonas caribenhas, e consequentemente evitar o cancro de pele ... Evitar comprar LCDs a 3D e mais os cachecóis da selecção do Madail para assistir ao Mundial. Vantagens inesperadas !!!!!