sexta-feira, abril 30, 2010

O poema da Tranquilidade

"VEM, NÃO PEÇAS
NÃO DÊS
NEM PLANOS, NEM RECEIOS
VEM POR VIR, SEM FUTURO!
SEM PUDORES
QUANDO A ALMA
SE ABRIR EM CONCHA
SEM PROMESSAS...
ESSAS PODEMOS DÁ-LAS
AOS OUTROS
OS DESEJOSOS DOS DESTINOS
INQUIETOS
E DAS ÂNSIAS DESMEDIDAS!

VEM SEM ESPERAR MUITO
E O IMPORTANTE
É NÃO PEDIR!
SIM, DE QUE SERVE AFINAL
USAR A VOZ
SE UM OLHAR ONDE BRILHAM
SILÊNCIOS
PODE DAR AS ESTRELAS
DA NOITE?"

DE ANTÓNIO CASTRO


Porque é assim que me tenho sentido... tranquila

segunda-feira, abril 26, 2010

Divagações sobre... pessoas

«As pessoas que não suportam ficar sozinhas são, geralmente, a pior companhia»
Albert Guinon


PS: Isto só vem reforçar a (minha)  teoria (mais uma das minhas) de que mais vale só do que mal acompanhada... Por outro lado cada vez é mais difícil conhecer as pessoas, cada vez mais me convenço, que só conhecemos a ideia que temos/ fazemos delas  e/ou o que elas nos queirem mostrar ... ou deixam... No entanto “Não é bom que o homem esteja só” ... - Génesis 2:18
Confuso... mas convém ir sempre pé ante pé ... as pessoas escondem o seu íntimo por natureza... dark side, mentiras ou omissões?
No fundo estão sozinhas, por escolha ou obrigação? (apraz-me pensar que é pela primeira...)

Uma segunda-feira diferente

Desconectada do mundo, mas mais conectada comigo mesma... e a sensação é simplesmente MARAVILHOSAAAAA!
Perspicácia e intuição, serenidade, paz, coração limpo e puro, a mente adocicada e centrada, tudo isto (pouco) traduz sobre o sol que brilha em mim!


"Minha alma é feita de luz e trevas; nada de brumas. Ou faz bom tempo ou há temporal; as temperaturas variáveis são de pouca duração"
(Victoria Ocampo)



PS: Eu sou de 8 ou 80, mas hoje há sol, há luz e faz bom tempo :)

"O destino não é uma questão de sorte, é uma questão de escolha; não é algo a se esperar, é algo a conquistar-se"
(William Jennings Bryan)

quarta-feira, abril 21, 2010

Memórias (im)perdíveis

Quero lembrar-me do tempo em que os teus olhos e os meus olhos eram só uns, lembrar-me do brilho, e do que eu sentia quando te via, quando me vias...
Quero lembrar-me para não te esquecer ...
Quero esquecer, para não me lembrar...

PS: Dizem que não devemos voltar aos lugares onde já fomos felizes! Eu acho que devemos voltar, voltar sempre ... Não só a esses, mas também aos outros ... Felizes ou infelizes... com sorrisos ou lágrimas... cansados ou com energia... acompanhados ou sozinhos...
Acabo... sempre... por voltar ...

Penser après la tombée de la nuit

Le changement, ce peut-être la fin d'un rêve, mais c'est surtout la clé pour en trouver de nouveaux!

terça-feira, abril 20, 2010

Thought of the Day

Sometimes i pretend to be normal, but it gets boring, so i go back to being me...


Ouvida na esplanada

Duas mulheres que conversavam animadamente na mesa ao lado, da minha, sobre (des)amores e relações.
(In)discretamente ouvi e fixei mentalmente esta frase: "Talvez Deus queira que conheçamos uma data de pessoas erradas antes de encontrarmos a pessoa certa, para podermos finalmente agradecer e dar valor a esta dádiva maravilhosa".



PS: Não sei porquê, mas fez (-me) tanto sentido... Cof cof ... Pus-me a pensar...

domingo, abril 18, 2010

Take my breath away...

Um dos meus filmes preferidos e música idem idem! Hoje deu-me para isso. Foi bom rever... Aqueceu-me a alma.



Dubilidade

Nunca consigo descrever o que sinto por ti,
Sei apenas que por breves momentos tento
Sem grande alarido ou alento
Transformar os teus lábios em letras,
Teus olhos em sílabas,
Teus abraços em acentos,
Tua voz em linhas que escrevo e descrevo
Dentro de mim!
Para tentar construir uma frase ou uma expressão
Que me faça interpretar o verdadeiro sentido
Do meu sentir ...
Teu sentir... Esse queria tranformar em ....
Nem sei bem em quê..
Falta-me (apenas) a pena e o tinteiro para (d)escrever..
E se não o fiz ...  (parece que) vou continuar sem o fazer!


PS: Penso que escrevo melhor do que penso e/ou  falo. Já ouvi coisas que ditas num momento não tiveram repercussão mas, que me causaram grande impacto quando ditas no momento certo, outras que não ouvi, mas que concerteza,  causariam um enorme impacto se fossem ditas/ ouvidas, também,  no momento certo. Questiono-me é (sempre) sobre o impacto dessas palavras e qual o momento certo! Mas a minha (validada) teoria das expectativas relembra-me que é melhor não ...  

quinta-feira, abril 15, 2010

I'm not a perfect person

"I've found a reason for me
To change who I used to be
A reason to start over new..."




PS: Era bem capaz de me...

Ama (TE)

Ao contrário do que muita gente pensa, a paz interior só se consegue depois de a trabalharmos (arduamente) em nós próprios. Ajudar e compartilhar com os outros até pode nos encher de (alguma) realização e Amor, mas e quando chegamos a casa? E quando deitamos a cabeça da almofada, o que sentimos? Que emoções nos assaltam quando nos olhamos ao espelho? O que sentimos quando nos confrontamos com a solidão que, mais tarde ou mais cedo, vem testar-nos?

Por tudo isso é essencial que não nos secundarizemos, mas que nos valorizemos!
A ascensão só acontece quando nos conhecemos, amamos e respeitamos acima de tudo e de todos. Não se trata de orgulho, nem de arrogância, ou mera vaidade, mas sim do dever cumprido para connosco próprios - o autoconhecimento. E como diz o, velho e gasto, cliché: Não podes amar ninguém se não te amares a ti próprio.


"A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes".
(Khalil Gibran)




PS: Nestes tempos de turbulência é fundamental não esquecer: ninguém consegue atingir a nossa essência! (só se permitirmos)

quarta-feira, abril 14, 2010

Quanto pesa um coração?

Quanto mais vazio está um coração, mais ele pesa.
(Amiel-Lapeyre)

terça-feira, abril 13, 2010

Pensamento da noite

Na vida, nada é 100% seguro ... é apenas tentar embarcar na montanha russa...

sábado, abril 10, 2010

O País Perdeu a Inteligência e a Consciência Moral

«O País perdeu a inteligência e a consciência moral. Os costumes estão dissolvidos e os carácteres corrompidos. A prática da vida tem por única direcção a conveniência. Não há princípio que não seja desmentido, nem instituição que não seja escarnecida. Ninguém se respeita. Não existe nenhuma solidariedade entre os cidadãos. Já se não crê na honestidade dos homens públicos. A classe média abate-se progressivamente na imbecilidade e na inércia. O povo está na miséria. Os serviços públicos vão abandonados a uma rotina dormente. O desprezo pelas ideias aumenta em cada dia. Vivemos todos ao acaso. Perfeita, absoluta indiferença de cima a baixo! Todo o viver espiritual, intelectual, parado. O tédio invadiu as almas. A mocidade arrasta-se, envelhecida, das mesas das secretárias para as mesas dos cafés. A ruína económica cresce, cresce, cresce... O comércio definha, A indústria enfraquece. O salário diminui. A renda diminui. O Estado é considerado na sua acção fiscal como um ladrão e tratado como um inimigo»

PS: Isto já escrevia Eça há um século e meio atrás... Afinal pouco evoluimos, isto poderia ser um artigo saído hoje no Expresso!

sexta-feira, abril 09, 2010

Hoje sinto-me...profundamente ....salgada




PS: Um grande beijinho ao meu amigo Manelito (Lanzudo da banda :D ), sei que de vez em quando passas por aqui :P
Grande tema... LINDOOOO (isto é de encher a ALMA! E eu tive a sorte de ouvir este tema ainda antes de sair cá para fora...)

The cure is my cure :)

quinta-feira, abril 08, 2010

No (all stars) converse CARAGOOO

Assim vai o mundo.... no comments... :S

Pursuit Of Happiness

:) :) :) So you got to go, but you don’t know where
All that you know, is you can’t stay here
What’s left to do, but wish you the best
In your pursuit of happiness

You say it’s not me, it’s just you
But I’m the only one in the room
Asking myself why you have left
In your pursuit of happiness

Happy happy happiness

Asking myself why you have left
In your pursuit of happiness
Pursuit of happiness

All the papers read
Happiness is fled
Known accomplice to the sad

I hope you find what you’re looking for
Your piece of mind, I want noting more
Somewhere over the rainbows end
In your pursuit of happiness

Happy happy happiness

Somewhere over the rainbows end
A man in a suit of happiness
Pursuit of happiness

All the papers read
Happiness has fled
Attempted fraud astrology

Is everybody happy
Is everybody happy
Smile everybody happiness

Time can move fast now that you’re gone
Can’t dwell I the past, what’s done is done
Starting over again, more or less

In my pursuit of happiness
Starting over again, more or less
In my pursuit of happiness :) :) :)

Reflexão III

Dizem que escolher é fazer com que o destino possa caminhar. Reparo agora que foi, sempre, a minha tendência para a indecisão que me paralisou muitas vezes e impediu o desenrolar da vida. Hoje sei, que não decidir, muitas vezes, é pior do que tomar uma má decisão!

Ouvindo ...

quarta-feira, abril 07, 2010

Reflexão II

Só aprendendo a pensar por nós mesmos, experimentaremos a (verdadeira) liberdade. Se continuarmos a pensar como os outros, seremos … meros carneirinhos, robots, escravos, marionetas... Tal como a nossa felicidade, nunca deveríamos deixá-la, ao acaso, nas mãos de outros!




PS: Entrei, há uns dias, numa fase reflexiva, tenho feito algumas limpezas na minha vida. Tenho aberto lugares antigos, alguns até mais recentes, lugares onde guardava coisas e começo ... finalmente a (re)mexer e a varrer o pó... Estou a fazer progressos, séria e lentamente, mas estou! ...

terça-feira, abril 06, 2010

Reflexão

As coisas que nos assustam são em maior número do que aquelas que efectivamente nos fazem mal. Tal, como a maioria das vezes nos afligimos mais pelas aparências do que pelos factos reais...

sábado, abril 03, 2010

Da janela do meu quarto ... (ASQP)

Sinto o sonho passar por mim ! ..
Ando um pouco desencontrada, como se não pertencesse a esta história .. Vejo a vida a passar mesmo ao lado e um abismo que não me deixa senti-la. Sim, estou distante ! Sim, estou fria ! Sim, (não) estou aqui! Por vezes, de madrugada, acordo meio sobressaltada ... e, eu confesso, sinto medo ! Mas nada parece estar diferente, tudo à minha volta está igual a mim mesma...
Procuro algo que me acalme e devaneio sobre a plenitude da noite onde é tudo tão desigual e inimaginável, talvez seja esse o meu (único) refúgio .. São muitas as horas passadas, sem dormir e ocasos por desvendar .. Afinal são muitos os sonhos, maaas ... Do sonho só guardo sensações... e eu... quero muito mais, quero imagens e momentos, quero palavras, sorrisos, olhares... quero guardar todos os abraços na monotonia das palavras ... quero sentir que fui feliz ...
Passar e deixar saudades... Passar e querer voltar e querer ficar e viver e reviver, eternizar !
Tudo isto só faz sentido quando fecho os olhos e nada mais existe, para além de mim e da minha própria inexistência.
Os meus sonhos são contínuas visões que retornam, absolutamente idênticas!!!

< E, eu, à janela do meu quarto, dou uns passos para trás e olho à minha volta, o cenário parece ser o mesmo de há quase um ano atrás, tudo está nos mesmos lugares e a falta de luz mantém-se o que me impede de desvendar os vultos que passam e que eu tento adivinhar .. à espera de alguma pista ..  inquieta-me saber que não estou... Inquieta-me deixar de sonhar... e continuo à espera .. numa sede insaciável que parece não querer passar! Penso em chamar por alguém, mas limito-me às palavras mudas... Minutos depois vou-me embora, com a perfeita noção de como custa voltar atrás. Mas eu volto! ... Eu sou teimosa e insisto e vejo e revejo vezes sem conta até que um som da realidade me desperta e abandono aquele sonho acordado que um dia teve um destino diferente ! >

Uma vez na minha vida, uma única vez, na realidade, e não num estado de fraqueza cerebral, gostaria que uma porta se abrisse diante de mim ... deixasse entrar a luz ... por e para  mim, naquela hora... me pegasse ao colo e me levasse para longe, bem longe...

Mas ainda não me consegui reencontrar...

quinta-feira, abril 01, 2010

Uma excelente Páscoa


Uma Páscoa Fofinha para todos, cheia de pequenas coisas :)