sábado, setembro 26, 2009

Pensamentos

Numa rota nebulosa e de obstáculos (im)previsíveis, só me resta recitar o adágio popular: o futuro a Deus pertence. O passado está escrito e o futuro por escrever, por isso decidi que não vou (re)pensar muito. Haja o que houver!

Um comentário:

LionMaster disse...

Nina...
Quando pensamos muito no futuro a vida da sempre uma volta inesperada.
Acho que todos deveriamos pensar assim...

Beijinhosss