segunda-feira, dezembro 31, 2007

Se... Se....




O último poema do ano...

Desaparecida destas "lides" não por não ter nada que escrever, mas porque não consigo expressar tudo o que me suga a alma! As palavras parecem insuficientes para descrever tantos sentimentos escondidos e enterrados em mim... melhor que morram antes de germinarem...


Se ... fosse boca

Seria apenas para te beijar

Se... fosse uma vereda

Seria para nela passeares

Se fosse um perfume

Tu serias a sua essência

Se fosse uma ideia

Tu serias o meu pensamento

Se fosse o céu

Serias o meu azul

Se fosse uma ostra

Serias a minha pérola

Se eu fosse TU

Tu amar-me-ias

Passaria mais tempo comigo

A observar-me amorosa e silenciosamente

Mas... sou APENAS EU...

2 comentários:

Elfo disse...

Olá Nina, que sejas bem vinda à cyber esfera novamente e que tenhas mais tempo para nos brindares com os teus lindíssimo poemas, alguns triste e amargos, outros subtis que só as almas grandes podem compreender. Continua porque já tínhamos saudades tuas e dos teus poemas.
Bjs

papaiez disse...

Gostei muito deste texto, e revi-me nele sem duvida!
Continua assim, parabens!

papaiez
http://janeladepalavras.blogs.sapo.pt/